Equipamentos de proteção para trabalhadores na pandemia

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Todos os funcionários de empresas de serviços essenciais de Saúde, como hospitais, postos e clínicas, deverão receber equipamentos de proteção individual durante a pandemia.

A norma também vale para estabelecimentos considerados essenciais:

  • farmácias e drogarias
  • concessionárias de serviços de transporte intermunicipal
  • mercados, hortifrutis e padarias
  • restaurantes, bares e lanchonetes
  • empresas ou cooperativas de coleta de lixo
  • petshops
  • postos de combustíveis e lojas de conveniência
  • prestadoras de serviço de transporte de cargas
  • lojas de materiais de construção
  • asilos públicos, privados e filantrópicos
  • empresas de transporte de passageiros ou de entregas em domicílio
  • e instituições bancárias e casas lotéricas.

 

LEIA A ÍNTEGRA DA LEI

📜 Lei 8.818/20

 

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS NO SEU EMAIL OU POR WHATSAPP

Mais notícias

André Ceciliano anunciou que vai se reunir com o Ministério Público e que estuda propor

Através da Lei 9.515/21, parlamento doou R$ 20 milhões pra restruturação do arquivo municipal e

Embora o Rio de Janeiro produza quase 70% do gás natural do país, Governo federal

A histórica Fazenda Campos Novos fica localizada em Cabo Frio, na Região dos Lagos. O

O deputado André Ceciliano (PT) cumpriu uma extensa agenda política nesta segunda-feira (16/5) nas cidades

Ceciliano defendeu o protagonismo das universidades para recuperação econômica do Rio As ações do presidente

A Comissão Especial de Acompanhamento do Programa Supera RJ, criada pela Assembleia Legislativa do Estado