André terá o segundo maior tempo no rádio e na TV

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O candidato da Federação Brasil da Esperança (PT, PCdoB e PV), André Ceciliano terá o segundo maior tempo de rádio e TV destinado aos candidatos ao Senado. A definição dos tempos ocorreu na manhã desta sexta-feira (19), em reunião no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio de Janeiro, com representantes dos partidos, coligações e federações que disputam a eleição. A divisão é definida com base no número de deputados federais eleitos em 2018.

André terá 1m16s nas propagandas de rádio e TV que começam na próxima sexta-feira, dia 26, todas as as segundas, quartas e sextas. Por sorteio, também foi definido que André será o terceiro na ordem de apresentação dos candidatos. Ele terá, ainda, 251 inserções distribuídas na grade da programação diária das emissoras.

Com o slogan “André é o único senador do Lula”, a campanha busca associar a imagem do presidente da Alerj ao líder petista, que já declarou em vídeos gravados que André é seu único candidato no Rio: “Eu não tenho dois nem três candidatos ao Senado pelo Rio de Janeiro, eu tenho o companheiro André Ceciliano. E é nele que eu queria pedir para vocês votarem”, em vídeo gravado para a campanha de André.

Desconhecido por cerca de 70% dos eleitores, segundo pesquisas internas, o marketing da campanha terá o desafio de fazer André se tornar conhecido numa campanha de apenas 45 dias. Por isso, a notícia do tempo que ele terá foi comemorado internamente.

“O André tem o que mostrar, uma história de vida e política maravilhosa, foi prefeito duas vezes e é um político capaz de dialogar com todos. É o cara que o Lula sabe que pode contar e que não correrá de bola dividida. O eleitor vai saber o que o André fez a favor do Rio, que em quatro mandatos aprovou 410 leis de sua autoria aprovadas e por que é o único candidato do presidente no estado”, explica Lucas Peixoto, publicitário responsável pela campanha e que tem no currículo as campanhas presidenciais de Fernando Haddad em 2018, além de Evo Morales (Bolívia), Ollanta Humala e Cesar Acuña (Peru).

“O André tem o que mostrar, tem uma gestão bastante elogiada na Alerj. A população vai saber o que o André fez e entenderá que ele é o melhor nome para assumir uma vaga no Senado e defender o estado do Rio, com apoio total do Lula”, resume.

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS NO SEU EMAIL OU POR WHATSAPP

Mais notícias

Presidenta do PT diz que papel do ex-secretário de Assuntos Federativos vai além da sua

Lei determina a instalação de composteiras orgânicas nas escolas e foi proposta através da plataforma

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), deputado André Ceciliano

Fotos: Antônio Pinheiro O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva arrastou uma multidão pelas ruas

O Circo Voador, na Lapa, ficou lotado na noite desta quinta-feira (06/10), em um ato

Em clima festivo, o candidato ao Senado pela Federação Brasil da Esperança (PT/PV/PCdoB), André Ceciliano,