Bom Dia Rio destaca autonomia das universidades

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O programa Bom Dia Rio deu destaque a aprovação da Emenda Constitucional 47/17, que garante o repasse mensal das verbas para as universidades estaduais na forma de duodécimos, foi promulgada pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) nesta sexta-feira, dia vinte e dois de dezembro. A Casa havia aprovado a medida, em segunda discussão, na última quinta-feira dia vinte e um, com 55 votos favoráveis. O texto é de autoria de 43 deputados.

“A aprovação da tão importante emenda constitucional foi resultado da articulação e diálogo com o governo, além de termos ouvido todos os atores envolvidos. Teremos, iniciando os trabalhos a partir do ano que vem, a tão sonhada autonomia das universidades, estando em seu ápice em 2020. Hoje tivemos um passo importante”. Afirma o deputado estadual e coautor da proposta, André Ceciliano.

A emenda determina que o Executivo transfira no mínimo 25% do orçamento aprovado para as universidades em 2018 por meio de duodécimos. O percentual sobe para 50% em 2019, e atinge 100% a partir do ano de 2020.

Acesse o Portal Dia a Dia do deputado estadual André Ceciliano:
andrececiliano.net

#AndréCeciliano
#DeputadoEstadual
#TrabalhoNaAlerj
#AndréNaImprensa

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS NO SEU EMAIL OU POR WHATSAPP

Mais notícias

O deputado André Ceciliano (PT) cumpriu uma extensa agenda política nesta segunda-feira (16/5) nas cidades

Ceciliano defendeu o protagonismo das universidades para recuperação econômica do Rio As ações do presidente

A Comissão Especial de Acompanhamento do Programa Supera RJ, criada pela Assembleia Legislativa do Estado

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), André Ceciliano (PT),

Comissão Parlamentar de Inquérito, presidida pelo deputado Luiz Paulo, vai analisar o compromisso de pagamento

Estado pode ser o primeiro da federação a possuir um plano regional. Medida pretende atrair

 Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou nesta terça-feira (10/05), o Projeto