É LEI: VALE-GÁS DE ATÉ R$80 NO AUXÍLIO EMERGENCIAL

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O auxílio emergencial do programa Supera RJ vai contar com um vale-gás de até R$ 80,00, complementando a renda das 100 mil famílias que já são contempladas pelo programa. A Lei 9.383/21, do deputado André Ceciliano (PT), foi aprovada para compensar os aumentos recorrentes do botijão de gás no mercado, o mais recente de 7%. A medida precisa da regulamentação do Governo do Rio.

“A alta do dólar e a política de preços do Governo Federal têm impacto direto nas famílias brasileiras, na mesa dos mais pobres. Como em todo o país, aqui no estado do Rio, cozinhar à lenha voltou a ser uma realidade para muita gente, que, entre o botijão de gás e a comida, fez a única escolha possível: comprar o que comer”, diz o deputado. “Colocar esse extra no programa vai beneficiar justamente aqueles que mais precisam e que hoje contam com o auxílio do programa Supera RJ para sobreviver”.

Assim como o programa Supera RJ, criado por Ceciliano, a cota do gás foi amplamente apoiado na Alerj, com quase 40 quarenta coautores. Recentemente, a Assembleia Legislativa aprovou o pagamento retroativo de duas parcelas do auxílio emergencial, referentes aos meses de abril e maio. O programa também atende micro e pequenos empreendedores e autônomos com linha de crédito de até R$ 50 mil, concedida através da Agência de Fomento do Estado do Rio (AgeRio).

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS NO SEU EMAIL OU POR WHATSAPP

Mais notícias

O deputado André Ceciliano (PT) cumpriu uma extensa agenda política nesta segunda-feira (16/5) nas cidades

Ceciliano defendeu o protagonismo das universidades para recuperação econômica do Rio As ações do presidente

A Comissão Especial de Acompanhamento do Programa Supera RJ, criada pela Assembleia Legislativa do Estado

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), André Ceciliano (PT),

Comissão Parlamentar de Inquérito, presidida pelo deputado Luiz Paulo, vai analisar o compromisso de pagamento

Estado pode ser o primeiro da federação a possuir um plano regional. Medida pretende atrair

 Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou nesta terça-feira (10/05), o Projeto