Em entrevista para podcast, André fala sobre disputa ao Senado e avanços como prefeito de Paracambi

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Petista foi prefeito entre 2001 e 2008 e promoveu uma revolução na cidade, da educação à segurança pública 

O candidato a senador pela Federação Brasil da Esperança (PT/PCdoB/PV), André Ceciliano, concedeu, nesta sexta-feira (09), uma entrevista ao “+/- Podcast”, sediado em Paracambi, município da Baixada Fluminense onde André foi prefeito por dois mandatos. Na conversa, ele destacou avanços da sua gestão nas áreas da Educação, Saúde, Segurança Pública e Infraestrutura. 

– Quando eu assumi, tinha alunos da quarta a sexta série que não sabiam ler, eram analfabetos. Porque o prefeito anterior tinha adotado aquele sistema de aprovação automática e isso fez muito mal para os nossos alunos. 

Para reverter o problema, André implementou aulas de reforço nas escolas. Também ampliou as  turmas, passando a atender alunos da 1ª a 8ª série. Antes, a maioria das escolas de Paracambi oferecia apenas o primeiro ciclo do Ensino Fundamental, de 1ª a 4ª série, na época. 

André Ceciliano também implementou projetos esportivos e de música e criou a Fábrica do Conhecimento, complexo educacional que hoje reúne 16 cursos superiores, sete de pós-graduação e uma unidade da Escola de Música Villa-Lobos. 

– Eu também consegui com o presidente Lula a criação da escola técnica, mas a gente ainda precisava realizar um concurso. Para isso, o governo precisava mandar uma mensagem para o Congresso Nacional. Fiquei de 2003 a 2005 atrás dessa burocracia e inauguramos a escola em 2006. O Lula veio para inauguração e disse que era a escola técnica mais bonita do Brasil. 

Os investimentos em Educação, lembrou André, contribuíram não só para que Paracambi se tornasse, durante a sua gestão, a cidade da Baixada melhor colocada no IDEB, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, como também para reduzir os índices de criminalidade.  

– No primeiro ano de gestão, a cidade teve doze homicídios e foi caindo até chegar a  um homicídio no nosso último ano. Porque a gente colocou todas as crianças na escola.  A gente via as crianças andando nas ruas com violão, com saxofone. Com a Escola de Música Villa Lobos, uma criança que aprende violão, piano e violino nunca vai fazer nada errado. 

Na conversa, André ainda lembrou da ampliação dos postos de saúde e de vacinação, das obras de saneamento e do asfaltamento das ruas da cidade – investimentos que contribuíram para a qualidade de vida dos paracambienses.  

 

Disputa ao Senado

A menos de 30 dias do primeiro turno das eleições, André Ceciliano defendeu porque é o candidato mais preparado para representar o Rio no Senado Federal. 

– Eu conheço todo o estado, desde o sul até o norte fluminense. Mais do que isso, conheço também os problemas e as soluções. Hoje temos uma fome e um desemprego imensos, são mais de três milhões de pessoas passando fome no Rio e mais de 33 milhões em todo o país.

O candidato defendeu como essenciais para a recuperação dos empregos a conclusão de obras federais no estado (dentre elas, o Arco Metropolitano e a refinaria de Itaboraí) e a contratação de mão-de-obra fluminense para reparos nas embarcações da Petrobras como essenciais para o crescimento do número de empregos.

– O petróleo está no Rio, mas mais de 60% dessa indústria não está nem no Brasil. Quando a Petrobras encomenda navio e plataforma em Cingapura, ela gera emprego lá fora. Se a gente exigir que essa frota faça os reparos aqui no Rio, a gente reabre os 16 estaleiros e os dois públicos. Isso é emprego na veia. Acho que o homem precisa ter dignidade o que traz dignidade é o trabalho.

André também fez críticas aos atuais senadores do Rio em Brasília, dentre eles o Romário. 

– O Romário é senador há oito anos, tem muita gente que não sabe disso. Você vê a propaganda dele dizendo que trouxe R$ 400 milhões para o Rio, mas isso é mentira. Ele conseguiu empenhar R$ 113 milhões e só foram liberados R$ 52 milhões. Se você entrar na Transparência do Congresso você vai ver. Nada contra o Romário, foi um artilheiro que fez muitos gols, mas como senador ele está devendo gol.

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS NO SEU EMAIL OU POR WHATSAPP

Mais notícias

Presidenta do PT diz que papel do ex-secretário de Assuntos Federativos vai além da sua

Lei determina a instalação de composteiras orgânicas nas escolas e foi proposta através da plataforma

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), deputado André Ceciliano

Fotos: Antônio Pinheiro O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva arrastou uma multidão pelas ruas

O Circo Voador, na Lapa, ficou lotado na noite desta quinta-feira (06/10), em um ato

Em clima festivo, o candidato ao Senado pela Federação Brasil da Esperança (PT/PV/PCdoB), André Ceciliano,

Foto: Reprodução / Instagram O prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), votou na manhã deste