Entrevista à Rádio Alerj sobre Intolerância Religiosa

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

As ocorrências policiais motivadas por intolerância religiosa deverão ser obrigatoriamente registradas pelas delegacias de polícia sob o artigo 208 do Código Penal Brasileiro, que trata de crime contra o sentimento religioso, além da obtenção de dados estatísticos para monitoramento e mapeamento das áreas onde há o maior incidente deste crime e, responsabilização ao funcionário que se negar a registrar tal ocorrência.

Para o coautor da lei 7.855/18, André Ceciliano considera a subnotificação dos atos contra manifestações religiosas e seus espaços, um problema. Os casos de intolerância religiosa são registrados como injuria, violação de domicílio, vandalismo entre outros. Tipificar o crime de Intolerância Religiosa, é reconhecer e dar voz a existência de uma cultura e crença de um povo. É legitimar e proteger sua existência.

Para o deputado, a tipificação seguida de análise de dados ajudará consideravelmente no mapeamento e planejamento contra tais crimes. Está prescrito em lei a responsabilização do Instituto de segurança Pública (ISP) do Rio de Janeiro a realização de estudo específico, gerando estatísticas e mapeamento para criar saídas para a diminuição destes crimes.

Acesse o Portal Dia a Dia do deputado estadual André Ceciliano: andrececiliano.net

#AndréCeciliano
#DeputadoEstadual
#Trabalho #Alerj
#EmBonsPassos

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS NO SEU EMAIL OU POR WHATSAPP

Mais notícias

O deputado André Ceciliano (PT) cumpriu uma extensa agenda política nesta segunda-feira (16/5) nas cidades

Ceciliano defendeu o protagonismo das universidades para recuperação econômica do Rio As ações do presidente

A Comissão Especial de Acompanhamento do Programa Supera RJ, criada pela Assembleia Legislativa do Estado

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), André Ceciliano (PT),

Comissão Parlamentar de Inquérito, presidida pelo deputado Luiz Paulo, vai analisar o compromisso de pagamento

Estado pode ser o primeiro da federação a possuir um plano regional. Medida pretende atrair

 Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou nesta terça-feira (10/05), o Projeto