Nise da Silveira entra para o Livro de Heróis e Heroínas do Rio de Janeiro

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A médica psiquiatra Nise da Silveira entrou para o Livro de Heróis e Heroínas do Estado do Rio de Janeiro nesta quinta-feira (21). A inclusão foi proposta pelo deputado André Ceciliano (PT), através da Lei 9.800/22, sancionada nesta manhã pelo governador Cláudio Castro. O livro contempla personalidades que tenham contribuído para a defesa, o progresso ou desenvolvimento do estado do Rio de Janeiro, do Brasil ou da Humanidade.

“Nise foi uma das primeiras mulheres no Brasil a se formar em medicina e revolucionou a psiquiatria no país. Seu trabalho e ideias inspiraram a criação de museus, centros culturais e instituições terapêuticas similares às que criou em diversos estados do Brasil e no exterior. Por sua trajetória e importância na evolução do tratamento psiquiátrico, Nise deve ser reconhecida como heroína pelo Estado do Rio de Janeiro”, afirmou Ceciliano.

A médica Nise Magalhães da Silveira – que morreu aos 94 anos, em 1999 – é reconhecida mundialmente por sua contribuição à psiquiatria, tendo revolucionado o tratamento mental no Brasil. Nise manifestou-se radicalmente contra as formas que julgava serem agressivas em tratamentos de sua época, tais como o confinamento em hospitais psiquiátricos, eletrochoque, insulinoterapia e lobotomia. Alagoana, Nise dirigiu a seção de terapia ocupacional do Centro Psiquiátrico Nacional Pedro II, no Engenho de Dentro, no Rio de Janeiro, de 1946 a 1974.

 

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS NO SEU EMAIL OU POR WHATSAPP

Mais notícias

Presidenta do PT diz que papel do ex-secretário de Assuntos Federativos vai além da sua

Lei determina a instalação de composteiras orgânicas nas escolas e foi proposta através da plataforma

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), deputado André Ceciliano

Fotos: Antônio Pinheiro O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva arrastou uma multidão pelas ruas

O Circo Voador, na Lapa, ficou lotado na noite desta quinta-feira (06/10), em um ato

Em clima festivo, o candidato ao Senado pela Federação Brasil da Esperança (PT/PV/PCdoB), André Ceciliano,

Foto: Reprodução / Instagram O prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), votou na manhã deste