PL de André Ceciliano pode fortalecer o turismo em Engenheiro Paulo de Frontin

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Um projeto de lei de autoria do deputado André Ceciliano, o 3.332/2017, pretende classificar Engenheiro Paulo de Frontin como município de interesse turístico, ajudando assim a propagar as belezas da cidade, estimulando a economia local. A proposta foi aprovada nesta semana em primeira discussão pela Alerj.

Na justificativa do projeto, André Ceciliano destaca a beleza da Mata Atlântica que cerca a cidade e também seu patrimônio ferroviário, que conta com uma estação inaugurada em 1863.

Confira a íntegra da justificativa:

Um cinturão verde de Mata Atlântica cerca Paulo de Frontin, cidade das estações de trem e dos longos túneis ferroviários. Do sincretismo religioso e cultural. No lugar que tem nome de engenheiro, nasceu o compositor Herivelto Martins, e hoje abriga gente de fibra como o Mestre Robson, à frente de uma escola de percussão com nome na cidade. Gente de pulso, como Marcelo de Freitas , que criou o grupo teatral Multiplicatores. Gente de fé, como a Dona Odília, que conhece rezas e ervas para curar todos males. Gente de todos os dias, que forma um público cativo nos eventos culturais da cidade, como o Festivais Vale do Café e Café, Cachaça e Chorinho. Vale a pena conhecer.

A cidade de Engenheiro Paulo de Frontin preserva um centenário patrimônio ferroviário formado por cinco estações de trem, construídas no modelo das gares inglesas. A mais relevante delas é a Estação de Engenheiro Paulo de Frontin, inaugurada em 1863, que abriga um Centro Cultural e a Secretaria de Cultura. A estação. Ela faz parte do inventário das Estações Ferroviárias do Inepac.


Localizada no centro da cidade, a estação é formada por duas plataformas (com ligação subterrânea) e duas vias férreas. Quanto à arquitetura, sua construção é feita por tijolos maciços aparentes, com ornamentação detalhada em branco. Com três portas e duas janelas no módulo central da estação, tem esquadrias de madeira pintadas em marrom.

Inaugurada pela família imperial, era conhecida como “Rodeio”, tendo recebido na década de 1920 o nome Paulo de Frontin, em homenagem ao engenheiro e político que atuou no desenvolvimento da linha férrea na cidade, entre outros feitos. Até meados dos anos 1990, o município fazia parte da rota de trens que iam de São Paulo para Belo Horizonte e do Rio para a capital paulista, sendo também uma das paradas do trem Barrinha, que fazia o percurso Japeri-Barra do Piraí.

Em Engenheiro Paulo de Frontin há belas cachoeiras localizadas em seu entorno e próximas do centro urbano. A mais importante é a Cachoeirão, formada por nascentes dentro da Mata Atlântica, com duas quedas de cerca de 30 metros. Destacam-se também as cachoeiras Bórgeres de Castro, com 20 metros de altura, quatro saltos e grande volume de águas claras e transparentes; e Ronco d’Água, com 15 metros de altura e três saltos, formando uma grande piscina natural. Há ainda a Borracha, de três metros; Castelo do Riacho, de três metros, e a cachoeira do Salto, com cinco metros de altura. Também destaca-se o Pico do Lirio, mirante de 600 metros de altura, de onde se pode apreciar quase todo o território do município e do vizinho Mendes.

Por fim a Igreja de Nossa Senhora da Soledade onde em 1868, João Gomes conseguiu recursos com fazendeiros locais e construiu uma capela no lugar onde havia uma cruz marcando o sepultamento de uma pessoa desconhecida. No ano seguinte, o povo conta que João foi à Corte, no Rio de Janeiro, e voltou à cidade de trem, carregando uma imagem da Santa de Soledade nas costas. Os sinos repicavam festivamente e ele foi seguido por uma procissão de fiéis até a capela no alto da colina da Soledade. A santa é a padroeira da cidade.

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS NO SEU EMAIL OU POR WHATSAPP

Mais notícias

Através da Lei 9.515/21, parlamento doou R$ 20 milhões pra restruturação do arquivo municipal e

Embora o Rio de Janeiro produza quase 70% do gás natural do país, Governo federal

A histórica Fazenda Campos Novos fica localizada em Cabo Frio, na Região dos Lagos. O

O deputado André Ceciliano (PT) cumpriu uma extensa agenda política nesta segunda-feira (16/5) nas cidades

Ceciliano defendeu o protagonismo das universidades para recuperação econômica do Rio As ações do presidente

A Comissão Especial de Acompanhamento do Programa Supera RJ, criada pela Assembleia Legislativa do Estado

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), André Ceciliano (PT),