Plenário começa a discutir incorporação da UEZO à UERJ

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O plenário da Assembleia Legislativa começou a discutir nesta semana a incorporação da da Fundação Centro Universitário Estadual da Zona Oeste (Uezo) à Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). O projeto de lei 5.071/21, apresentado pelo governo do Estado, foi discutido em plenário e recebeu emendas. Antes da votação final, a Alerj vai realizar duas audiências com servidores das instituições para ajustar as emendas ao texto.

Ceciliano disse ter sido contrário de início ao projeto,mas foi convencido pela reitora da instituição, Luanda de Moraes, da importância para garantir ensino superior de qualidade a uma região carente do estado, que é a Zona Oeste. “Essa fusão representa a conclusão de um projeto de implantação de uma universidade pública na Zona Oeste e significa um tratamento mais igualitário para a população local, em relação às demais regiões atendidas pelo ensino público superior. Representa, ainda, a consolidação de uma política de inclusão numa das regiões de menor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do Estado”, disse.

Criada em 2009 e ocupando precariamente salas de um colégio público (o Instituto de Educação Sarah Kubitschek, em Campo Grande), a Uezo tem atualmente cerca de dois mil alunos, matriculados em 10 cursos de graduação e três de pós-graduação, distribuídos em cinco áreas: Biologia, Computação, Farmácia, Engenharias e Tecnologia em Construção Naval. O corpo docente é formado por 103 profissionais, todos com doutorado. A instituição também dispõe de 25 técnicos em laboratório, mas não conta com pessoal administrativo efetivo.

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS NO SEU EMAIL OU POR WHATSAPP

Mais notícias

O deputado André Ceciliano (PT) cumpriu uma extensa agenda política nesta segunda-feira (16/5) nas cidades

Ceciliano defendeu o protagonismo das universidades para recuperação econômica do Rio As ações do presidente

A Comissão Especial de Acompanhamento do Programa Supera RJ, criada pela Assembleia Legislativa do Estado

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), André Ceciliano (PT),

Comissão Parlamentar de Inquérito, presidida pelo deputado Luiz Paulo, vai analisar o compromisso de pagamento

Estado pode ser o primeiro da federação a possuir um plano regional. Medida pretende atrair

 Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou nesta terça-feira (10/05), o Projeto