“Como senador, está na hora do Romário pendurar as chuteiras”, diz André

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

André propôs medidas para recuperar mais de 100 mil empregos já em 2023, combater às milícias e zerar a fila do SISREG 

O candidato a senador pela Federação Brasil da Esperança (PT/PCdoB/PV), André Ceciliano, voltou a criticar o atual senador Romário, que busca a reeleição. Durante sabatina da TV BandNews, nesta quinta (15/09), André disse que, em oito anos no Senado Federal, Romário trouxe muito pouco para o Rio de Janeiro, muito menos do que vem divulgando na propaganda eleitoral.

– Muita gente não sabe que ele é senador já há oito anos. E ele mente, porque diz que trouxe R$ 400 milhões para o Rio, o que já seria muito pouco, mas no Portal da Transparência só tem R$ 52 milhões liberados pelo Romário em oito anos. Isso é muito pouco. Ele foi um excelente jogador, fez muitos gols, mas como senador, já está na hora dele pendurar as chuteiras.

André ainda lembrou que os atuais três senadores do Rio de Janeiro são aliados do presidente Jair Bolsonaro, o que não se reverteu em boas medidas para o estado. A pouco mais de duas semanas das eleições, André disse que o seu maior oponente é o desconhecimento do eleitor.

– Eu concorro com candidatos que já disputaram outras eleições majoritárias. O Romário disputou o governo e o Molon, a prefeitura da capital. Há um recall do conhecimento. Nosso desafio é ser conhecido. Apesar de eu ter uma boa relação com os atores políticos de todo o estado, só 8% do eleitorado me conhece.

Recuperação de 100 mil empregos

Na entrevista, André comentou que o Rio de Janeiro hoje tem mais de 3 milhões de pessoas passando fome e defendeu a retomada de obras federais para recuperação dos empregos.

– O estado do Rio vem perdendo protagonismo nacional e há muitos anos não há uma defesa do Rio no Senado. O exemplo são as obras paradas, o Arco Metropolitano, o Complexo Petroquímico, em Itaboraí, a indústria naval. Em Brasília, quero fazer a defesa da volta desses investimentos. Com isso, a gente já gera mais de 100 mil empregos a partir de 2023.

André também defendeu investimentos nos hospitais federais do estado, que poderiam ser usados para zerar a fila do SISREG no Rio.

– O Rio de Janeiro tem a maior rede de hospitais federais de todo o país. Hoje, essa rede está largada, sucateada e loteada politicamente. Precisamos reformas esses hospitais, equipá-los e contratar recursos humanos. Vamos zerar a fila do SISREG e, para isso, a gente precisa usar a estrutura dos hospitais federais.

Combate ao crime organizado 

Na área da Segurança Pública, André defendeu uma maior valorização dos agentes, com investimentos em inteligência e treinamento, e apresentou propostas para o combate ao crime organizado.

– Lula vai trazer de volta o Ministério de Segurança Pública e eu já disse a ele que temos que ter uma secretaria nacional para combate ao crime organizado, ao tráfico e às milícias, para termos mais segurança e atrair de volta os empregos.

Royalties do petróleo 

Responsável por 1/3 do PIB do estado do Rio, o setor de petróleo e gás também foi tema da entrevista. André defendeu uma revisão do modelo de partilha para garantir mais recursos aos estados e municípios produtores de petróleo.

– Nesse momento, a gente precisa garantir que os royalties são, por direito constitucional, dos estados e municípios produtores e não uma aventura por demagogia. Os principais estados são Rio, Minas e São Paulo, mas três estados nunca vão ganhar dos outros 24. Por isso, a gente precisa de muito diálogo, conversar com as bancadas sobre o que já foi licitado e concedido e, para o futuro, fazer essa nova participação. Se não, os recursos ficam apenas para gerar superávit. A gente precisa distribuir esses recursos imediatamente

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS NO SEU EMAIL OU POR WHATSAPP

Mais notícias

Presidenta do PT diz que papel do ex-secretário de Assuntos Federativos vai além da sua

Lei determina a instalação de composteiras orgânicas nas escolas e foi proposta através da plataforma

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), deputado André Ceciliano

Fotos: Antônio Pinheiro O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva arrastou uma multidão pelas ruas

O Circo Voador, na Lapa, ficou lotado na noite desta quinta-feira (06/10), em um ato

Em clima festivo, o candidato ao Senado pela Federação Brasil da Esperança (PT/PV/PCdoB), André Ceciliano,

Foto: Reprodução / Instagram O prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), votou na manhã deste