Academia Brasileira de Literatura de Cordel vai receber a Medalha Tiradentes

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Academia Brasileira de Literatura de Cordel (ABLC) será agraciada com a Medalha Tiradentes, a maior honraria do Legislativo Fluminense. A comenda será entregue pelo autor da proposta, o presidente em exercício da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), deputado André Ceciliano (PT). A concessão da medalha foi aprovada na última quarta-feira (01/08) no plenário da Alerj.

Ceciliano disse que a medalha é o reconhecimento da importância do trabalho de resgate e manutenção desta manifestação cultural feita pela academia. “É um pedaço da cultura nordestina no nosso estado. Hoje o Rio é formado por muitos nordestinos que fugiram da seca e tentaram a vida aqui, especialmente na Baixada Fluminense. A conservação desta cultura é fundamental”, afirmou.

A Academia Brasileira de Literatura de Cordel é a entidade literária máxima a reunir no Brasil os expoentes deste gênero típico da Região Nordeste do país. Fundada em 7 de setembro de 1988, com sede no Rio de Janeiro, no bairro de Santa Teresa, a ABLC funciona nos dias úteis, das 9 às 18h e conta com 40 membros efetivos e mais de 13 mil títulos em seu acervo, muitos dos quais à venda em sua sede.

Severino Honorato, um dos fundadores do movimento Caravana do Cordel, definiu a honraria como um prêmio valoroso de dimensões sócio- educacional relevantes aos que prestam-se aos bons usos de uma causa como a Literatura de Cordel.

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS NO SEU EMAIL OU POR WHATSAPP

Mais notícias

Ceciliano defendeu o protagonismo das universidades para recuperação econômica do Rio As ações do presidente

A Comissão Especial de Acompanhamento do Programa Supera RJ, criada pela Assembleia Legislativa do Estado

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), André Ceciliano (PT),

Comissão Parlamentar de Inquérito, presidida pelo deputado Luiz Paulo, vai analisar o compromisso de pagamento

Estado pode ser o primeiro da federação a possuir um plano regional. Medida pretende atrair

 Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou nesta terça-feira (10/05), o Projeto

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), deputado André Ceciliano