ARMAZÉM DA UTOPIA SERÁ DECLARADO PATRIMÔNIO CULTURAL DO ESTADO

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Armazém da Utopia, na região portuária do Rio, será declarado Patrimônio Cultural Imaterial do Estado. É o que estabelece o Projeto de Lei 4.962/21, aprovado em discussão única pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), nesta quinta-feira (14/10). A medida será encaminhada para sanção ou veto do governador Cláudio Castro.

Na justificativa do texto, Ceciliano explica que o armazém é um dos projetos do legado olímpico daquela região da cidade. O espaço, inclusive, dá nome a uma das estações do Veículo Leve sobre os Trilhos (VLT) que circula pelo Boulevard Olímpico.

O armazém é um equipamento centenário de cinco mil metros quadrados, que sedia a Companhia Ensaio Aberto, desde 2010. O coletivo artístico vai completar 30 anos em 2022, e realiza eventos de grande porte. O espaço também abriga acervo de figurino do grupo com mais de duas mil peças, objetos de cena e cenografia de 27 espetáculos teatrais.

Também assinam como coautores os deputados Eliomar Coelho (PSol), Monica Francisco (PSol), Waldeck Carneiro (PT), Chico Machado (PSD), Sérgio Fernandes (PDT), Martha Rocha (PDT), Lucinha (PSDB), Renata Souza (PSol), Subtenente Bernardo (PTB), Flavio Serafini (PSol), Bebeto (Pode), Enfermeira Rejane (PCdoB), Carlos Minc (PSB), Luiz Paulo (Cidadania) e Danniel Librelon (REP).

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS NO SEU EMAIL OU POR WHATSAPP

Mais notícias

O deputado André Ceciliano (PT) cumpriu uma extensa agenda política nesta segunda-feira (16/5) nas cidades

Ceciliano defendeu o protagonismo das universidades para recuperação econômica do Rio As ações do presidente

A Comissão Especial de Acompanhamento do Programa Supera RJ, criada pela Assembleia Legislativa do Estado

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), André Ceciliano (PT),

Comissão Parlamentar de Inquérito, presidida pelo deputado Luiz Paulo, vai analisar o compromisso de pagamento

Estado pode ser o primeiro da federação a possuir um plano regional. Medida pretende atrair

 Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou nesta terça-feira (10/05), o Projeto