Wilson Witzel toma posse como governador do Rio

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O governador Wilson Witzel tomou posse de seu primeiro mandato na manhã desta terça-feira (01/01), na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). Ao chegar acompanhado do vice-governador, Cláudio Castro, da esposa, Helena Witzel e de familiares, foi recepcionado pelo presidente em exercício da Alerj, deputado André Ceciliano (PT).

André Ceciliano conduziu a solenidade e destacou o trabalho do Parlamento Fluminense na última legislatura.“Estes últimos anos foram difíceis, mas não fugimos das nossas responsabilidades. Mesmo com uma grave crise política e financeira, votamos medidas duras, realizamos diálogos com a população e analisamos mais de mil projetos de lei em plenário. Também economizamos R$ 325 milhões na última legislatura e devolvemos R$ 120 milhões para o pagamento do décimo terceiro dos servidores públicos. É necessário continuar trabalhando com isenção e clareza com os gastos públicos”, declarou.

Em seu discurso de posse, Wilson Witzel garantiu que não vai decepcionar o povo fluminense. “A página que hoje começamos a escrever na história do nosso Estado expressa a vontade soberana da maioria da população, que a mim confiou o destino do Rio pelos próximos quatro anos. É chegada a hora de libertar o Estado da irresponsabilidade e da corrupção, que marcaram as últimas duas décadas da política estadual. Não temos o direito de errar”, afirmou o governador.

Ele ainda prometeu trabalhar incansavelmente para unir o Rio de Janeiro. “Nossa tarefa será racionalizar os custos e obter mais recursos para os municípios, sempre buscando o bem-estar de todos os cidadãos, independentemente de ideologias partidárias”, frisou.

Witzel disse também que o novo governo buscará apoiar o Governo Federal no processo de mudanças de ordem tributária, previdenciária e econômica, para garantir o futuro das próximas gerações e inverter a pirâmide de arrecadação, com a descentralização dos serviços e atribuições.

O governador enfatizou que trabalhará para combater a corrupção e o narcotráfico, com reorganização da polícia e a criação de um conselho de segurança. “Usarei todos os meios e conhecimentos para derrotar o crime organizado, reconstruindo, reaparelhando, aperfeiçoando o processo penal e as estruturas judiciais, treinando nossas forças policiais, e colocando à disposição dos profissionais da segurança todos os instrumentos para conter essa ameaça à nossa democracia”, concluiu.

Também compuseram a mesa o Cardeal Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta; o prefeito da cidade do Rio, Marcelo Crivella; o presidente do Tribunal Regional Federal (TRF-RJ), André Fontes; e o subprocurador geral de justiça do Ministério Público (MP-RJ), Marfan Vieira. Deputados da atual da legislatura e futuros parlamentares também estiveram presentes na cerimônia.

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS NO SEU EMAIL OU POR WHATSAPP

Mais notícias

O deputado André Ceciliano (PT) cumpriu uma extensa agenda política nesta segunda-feira (16/5) nas cidades

Ceciliano defendeu o protagonismo das universidades para recuperação econômica do Rio As ações do presidente

A Comissão Especial de Acompanhamento do Programa Supera RJ, criada pela Assembleia Legislativa do Estado

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), André Ceciliano (PT),

Comissão Parlamentar de Inquérito, presidida pelo deputado Luiz Paulo, vai analisar o compromisso de pagamento

Estado pode ser o primeiro da federação a possuir um plano regional. Medida pretende atrair

 Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou nesta terça-feira (10/05), o Projeto